Que custos eu tenho com a frota própria?

Blog
/ 21.jun.2019

Para que as empresas se mantenham competitivas, lucrativas e relevantes no mercado, elas precisam identificar oportunidades para redução dos custos e consequentemente melhorar a sua produtividade.

 

Quando o assunto está relacionado ao custo de frota, uma dúvida muito comum entre os gestores é saber se vale mesmo a pena manter uma frota própria ou terceirizar esse tipo serviço.

 

Para manter uma frota própria a empresa provavelmente terá gastos significativos com manutenções, reparos, documentações, incluindo também o pagamento de salários e benefícios para os motoristas.

 

Esse valor tende a crescer de acordo com o tamanho da frota de veículos. Pensando nisso, listamos 3 fatores que precisam ser levados em consideração ao avaliar se vale mesmo a pena fazer a gestão de uma frota própria.  

Custo de aquisição da frota própria

Ao adquirir os veículos, muitos gestores tendem a se planejar baseando-se apenas no preço de compra deles. Mas, esse valor não fornece um cenário real dos custos que ele terá durante toda a sua vida útil.

 

Antes de fazer qualquer investimento é preciso realizar uma projeção de custos a longo prazo. Dessa forma será possível considerar gastos com tributação, manutenção, autonomia, consumo de combustível do veículo, dentre outros fatores.

Custos com manutenção

A manutenção é essencial para que a sua frota esteja em pleno funcionamento, mas para que isso aconteça é preciso ter uma atenção especial com a prevenção. As manutenções preventivas evitam gastos extras com consertos que geralmente são bem mais caros.

 

A prevenção também ajuda a evitar falhas e acidentes. Por isso é importante manter uma equipe dedicada a organizar um cronograma de manutenções, visando a redução dos custos, a proteção da frota e garantindo o bom estado de conservação dos veículos.

Investimento em renovação da frota

Uma frota que não passa por renovação constante acaba comprometendo a eficiência, a produtividade e a lucratividade do seu negócio. Veículos mais velhos podem gerar um maior custo com manutenções e consumir mais combustível.

 

Uma maneira de manter a frota sempre renovada, é optar pela terceirização desse serviço. A ITA pode te ajudar, fale com a gente!

COMENTE NO BLOG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *